quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Chewie Recomenda - Lilyhammer

  Fala galera! Aqui é o Chewie e esse é o primeiro "Chewie Recomenda". Hoje vou escrever um pouco sobre uma série que terminei de assistir recentemente: Lilyhammer. 
  Lilyhammer é uma série exclusiva da Netflix, que conta a história de Frank Tagliano, um mafioso que entra em um programa de proteção a testemunha, mudando seu nome para Giovanni Henriksen e indo morar em Lilyhammer, Noruega. Uma sinopse no mínimo única, por assim dizer. Gosto de usar uma frase para falar de Lilyhammer: "Você pode até sair da máfia, mas a máfia nunca sai de você".
  A trama começa com a "adaptação" de Henriksen aos costumes noruegueses, mostrando os conflitos do protagonista com as regras e costumes locais. A série foi criada por Elif Skodvin e Anne Bjørnstad, mas logo no início, Steven Van Zandt, o protagonista, passou a também se envolver diretamente na produção dos episódios. Grande parte da série (cerca de 90%) é falada em norueguês, mas apesar disso o Henriksen sempre fala em inglês, para situar o público na trama, por assim dizer. 
  Lilyhammer é marcada por um humor controverso, geralmente trazido pelo próprio Henriksen e seus polêmicos posicionamentos políticos, ou então por Torgeir (interpretado pelo norueguês Trond Fausa), o "braço direito" do protagonista, por assim dizer. Outro destaque da série é a trilha sonora, com muito jazz, rock clássico e música folk norueguesa. A série é recheada de referências a filmes clássicos de máfia, como a trilogia O Poderoso Chefão, Os Intocáveis e a série Família Soprano, que Van Zandt interpretava o mafioso Silvio Dante, ou simplesmente Sil. 
  Lilyhammer conta com 3 temporadas e 28 episódios. Está disponível na Netflix, sendo uma boa pedida para quem gosta do gênero. O Chewie aqui recomenda. 

                                                   Giovanni Henriksen em Lilyhammer.




Nenhum comentário:

Postar um comentário