segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Dragon Ball Super - Review

  18 anos. Esse foi o tempo que a TV japonesa passou sem um novo Dragon Ball em sua programação. Desde o fim de Dragon Ball GT, muita coisa aconteceu no universo dos animes. Surgimento e final de várias séries, inovações, e por aí vai. Mas Dragon Ball manteve-se vivo através dos games em diversas plataformas ao longo dos anos e a série Dragon Ball Kai que reviveram as lutas épicas de Goku e seus amigos. 
  Em 2015, tivemos a estreia de "Dragon Ball Cho", que veio a tornar-se oficialmente Dragon Ball Super. Após o lançamento de dois longas animados (A Batalha dos Deuses e A Ressurreição de Freeza), Dragon Ball Super vem com uma animação totalmente nova, contemporânea e com um visual caprichado. 
  A história começa seis meses após a derrota de Majin Boo. A Terra está em paz, todos seguem sua vida. Apesar disso tudo, Goku não deixa de treinar para continuar sendo o guerreiro mais poderoso do universo. Nessa fase, podemos ver coisas interessantes dos personagens, como as relações familiares, conquistas e novidades na vida de cada um. Como exemplo podemos ver o relacionamento de Gohan e Videl, já casados. Ou até mesmo do Kuririn, com seu novo corte de cabelo, esposa e filha. O elemento comédia volta com força, como no filme A Batalha dos Deuses.
  O anime é produzido pela Toei Animation, com roteiro escrito por Akira Toriyama. Um grande destaque dessa nova fase de Dragon Ball é o traço do ilustrador Toyotaro, que começou fazendo uma das milhares (e mais bem sucedida) de versões de Dragon Ball AF existentes da web. O cara teve tanto destaque que foi chamado para desenhar o mangá do game Dragon Ball Heroes e depois disso o primeiro mangá de Dragon Ball Super, bem como o mangá prelúdio da Ressurreição de Freeza. Em termos de trilha sonora, temos a competente abertura Chozetsu Dynamic, interpretada por Kazuya Yoshii, vocalista da banda Yellow Monkey, famosa pela música "Tactics", da trilha de Samurai X (Rurouni Kenshin).
  Do que foi lançado até agora, Dragon Ball Super parece seguir a premissa do filme A Batalha dos Deuses. Acredito que a trama do filme deva se encaixar em algum momento da série, como os clássicos filmes de Dragon Ball que foram lançados durante a série (Broly, Janemba, Bojack, etc.). Ainda não tivemos um combate épico, mas logo as coisas começarão a se desenrolar. A comédia voltou a ser um ponto forte na série, o que tinha se perdido um pouco na fase Z. Dragon Ball Super é exibido na TV Fuji, todos os domingos de manhã. Essa postagem foi escrita depois do lançamento do episódio 4. 
  Esperam que tenham gostado do review, e acompanhem Dragon Ball Super. Muita coisa boa vem por aí! 

Kazuya Yoshii - Chozetsu Dynamic 


Personagens de Dragon Ball Super 












Um comentário:

  1. Bela postagem, fez um belo resumo sobre Dragon Ball, acredito que essa nova saga de Dragon Ball foi mais para mostrar que não se trata apenas de um.anime normal, e estamos falando de Dragon Ball o anime mais poderoso do mundo, muitas que pessoas que tinham uma ideia e uma forma de interpretar dragon ball negativamente com essa saga muitas coisas foram mudadas.
    Acredito também que irá atingir essa nova geração que anda desprovida de uma boa ação.

    ResponderExcluir