sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Nós somos o número 20!

  É com este trocadilho infame que começo o texto. Aqui vou falar um pouquinho da Legião Pretoboy e da comemoração do 20° PretoCast (podcast) lançado ontem (quinta, 19/08). Lançamos o "Bring it Back - parte 1", atingindo a marca de 20 podcasts lançados. 20 áudios gravados entre amigos, com muito humor e uma criatividade sem barreiras.
 O processo de gravação dos PretoCasts é algo muito direto. Amigos falando suas opiniões e expondo ideias de acordo (geralmente) com os temas pré estabelecidos. O humor é uma ferramenta motriz de todas as gravações, começando até mesmo antes do play. As besteiras faladas são espontâneas (não escrevemos piadas! Repito: não escrevemos piadas!). Os temas são escolhidos de acordo com preferências ou até através de eventos marcantes ou curiosidades.   
  Muitas vezes, a proposta semanal parece ser algo bastante corrido. Felizmente, gravamos programas adiante para suprir em eventualidades. 
  Bem, ser um Pretoboy. Mas, o que é ser um Pretoboy? Na minha opinião (Chewie Opina, né?), ser um Pretoboy é um misto de ter senso de humor e saber curtir a vida, de forma responsável, claro. O Pretoboy é um cara que não tem tempo ruim. Ser atualizado também é interessante. Pretoboy que é Pretoboy tem que estar ligado nas coisas! 
  Bem, isso é um pouco das curiosidades dos PretoCasts. 20 lançados e que venham muitos mais! Todas as quintas-feiras a noite! Agradeço desde já a todos que nos acompanham, e espero que muitos mais venham a nos acompanhar! E lembrem-se: Não sejam fanboys! Só atravessem no sinal vermelho! Viva a Legião Pretoboy! 


                    A cúpula da Legião Pretoboy numa gravação (esquerda-direita): Gustavo Radar, Alexandre  Chewie (eu!), Bruno Boy e Danilo Reijin! 

Sigam a Legião Pretoboy no Twitter: @Pretoboys
Curtam a página do Facebook
 

Um comentário:

  1. O que é ser um Pretoboy?
    #PretoboysÉAmor
    #PretoboysEhAmor
    Ser um Pretoboy é ser o mestre Jedi da zueira, aquele cara que sabe o momento certo de fazer zueira.
    Um Pretoboy respeita o professor e a sala de aula, sabe a diferença ente liberdade e libertinagem.
    Ser um Pretoboy é apenas ser. Sem se importar com opinião alheia.Que gostem de você pelo que é, não pelo personagem que você construiu!
    Vai lá Chewie, opina geral!!!

    ResponderExcluir