terça-feira, 25 de agosto de 2015

Polêmicas

  Mamilos! Não? Não mesmo! Não vou escrever diretamente sobre uma polêmica específica, já que temos tantas que marcam o nosso cotidiano online, e até offline, por quê não? 
  Decidi escrever um pouco sobre polêmicas depois de tanto observar nas redes sociais as opiniões alheias sobre assuntos que podem ir de política até nomes de comida. Acreditem se quiser, o velho embate "Bolacha vs. Biscoito" ainda rende muito na internet. É bizarro, mas acontece.
  O que tenho observado é uma questão que se repete na grande maioria dos assuntos: polaridade. As pessoas passaram a ser "binárias" em seus comentários. Ouvi essa palavra num vídeo do Omelete e resolvi adotar pra vida, nem vou mentir. Binário? Sim! Vamos relembrar: Duas unidades. Em programação de computadores "0 e 1", "acende e apaga". Agora, passando para as discussões da web: Eu sou a favor de X, então necessariamente sou contra Y. E vamos discutir. Bastante. Ponto final.
  Geralmente, o exemplo acima acarreta em diversas discussões, que ao invés de trazer soluções para problemas propostos, apenas acarretam em um grande (e frustrante) acúmulo de texto, que pouco pode se aproveitar. Além disso tudo, diversas especulações, que no geral destoam totalmente do conteúdo das fontes apresentadas acerca dos temas discutidos. 
  O que quero dizer é que as pessoas simplesmente agarram-se a opiniões e as defendem como uma bandeira, como se lutassem até o fim por uma causa, que muitas vezes é simples. Não generalizando, mas tem muitas coisas que podiam ser resolvidas com debates e acordos. É como se as pessoas pegassem a informação no ar. Pegam, não processam, não avaliam, não checam fontes, e jogam direto em suas linhas do tempo das redes sociais. 
  "Ah, o cara do site Z disse que o cantor H fez uma música muito ruim em relação as outras do trabalho anterior". O cara do "site Z" tem a opinião de crítico dele, o que não necessariamente vai definir que é a sua opinião. Escute a música do "cantor H" e tire suas conclusões. A ideia é justamente essa. É bem isso que as pessoas não fazem. 
  Acredito ter escrito coisa demais para expressar uma opinião simples. A opinião de que existem lados definidos para tudo da vida. Sobre isso, discordo plenamente. Rever suas opiniões, ao meu ver, é um sinal claro de amadurecimento. Muitas coisas mudam no mundo, a cada momento. Não há para quê brigar por lados e ideias sem um verdadeiro propósito. É isso aí. Não sejam fanboys! Só atravessem no sinal vermelho! Esse foi mais um Chewie Opina, até mais! 

É bom ler antes de opinar. Checar sempre as fontes antes de expor ideias. 

Um comentário:

  1. Tô sendo fonte de inspiração até no Chewie Opina! kkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir