sábado, 25 de junho de 2016

Musou!

  Musou é uma palavra japonesa, que em livre tradução pode significar imbatível, incomparável. Esta palavra define um gênero de jogos que particularmente, é um dos meus favoritos. Estou falando das séries "Warriors" da Tecmo-Koei, e outros que seguem a mesma linha. 
  Os jogos Musou tem elementos de jogos de luta, mas diferente dos clássicos Street Fighter e The King of Fighters, a peleja acontece entre o seu personagem e exércitos! Sim, isso mesmo! Trocentos soldados prontos para te detonar em guerras inimagináveis! 
  O primeiro jogo Musou lançado foi o Dynasty Warriors, da Tecmo-Koei. Ambientado na China durante o fim da Dinastia Han (séc. III) e o começo da era dos Três Reinos. A mesma ambientação do livro Romance of the Three Kingdoms, do autor chinês Luo Guanzhong, publicado pela primeira vez em 1522. Em Dynasty Warriors, você escolhe um personagem dos reinos de Shu, Wei ou Wu, e luta pela unificação da China. O jogo tem diversas versões, para vários consoles. O último lançado foi o Dynasty Warriors 8 Xtreme Legends, para PC, Playstations 3 e 4 e PS Vita. 


Dynasty Warriors 8. E aí? Tem coragem de encarar o Lu Bu?

  Seguindo a premissa de jogos históricos, a Tecmo-Koei mais tarde lançou a contraparte japonesa de Dynasty Warriors: Samurai Warriors. Ambientado no fim do período Sengoku (séculos XV e XVI), os jogadores lutam pela unificação do Japão, em grandes campos de batalha recheados de inimigos. O último jogo da série é o Samurai Warriors 4 - II, lançado para PC, Playstations 3 e 4, e PS Vita. Grandes batalhas em território japonês, com uma grande gama de personagens e armas para todos os gostos! 

Naomasa Ii! O herói da 4ª edição da série Samurai Warriors! 

  Mas qual o diferencial dos jogos Musou? Bem, é difícil escolher um. Diria que muitos personagens e a necessidade de pensar estrategicamente o tempo inteiro são fatores importantes quando se jogam um jogo desse estilo. A variedade de jogos também ajuda para a consagração do estilo.
  Falando em variedade, vendo o sucesso da Tecmo-Koei, outras empresas de jogos não ficaram pra trás. A grande Capcom viu o potencial do estilo Musou e lançou a sua própria série: Sengoku Basara. Sengoku Basara marca pelo seu estilo anime (inclusive tendo uma série com 2 temporadas e um filme), com muitas referências a cultura pop (e a personagens da própria Capcom). O jogo faz um enorme sucesso no Japão, mas peca um pouco no ocidente, por traduções (ou falta delas) e limitações de conteúdo em relação a versão original. Atualmente, o Sengoku Basara está em sua 4ª versão, para Playstation 3 e Playstation 4 (a expansão Sumeragi).

Date Masamune e Sanada Yumikura. Os eternos rivais de Sengoku Basara.

  E, para os fãs de anime, existem versões Musou de animes consagrados (além de Sengoku Basara, que tem seu anime próprio). Estou falando de Dynasty Warriors Gundam, que permite que você controle diversas Mobile Suits de praticamente todas as séries do universo Gundam. O jogo Dynasty Warriors Gundam 3 é disponível para PS3 e XBox 360. 

Dynasty Warriors Gundam 3. Escolha sua Mobile Suit e parta para a ação! 

   Além dos Gundam, também existem certos piratas que fazem muito sucesso no mundo dos animes, e que contam com seu próprio Musou: estou falando de um certo pirata do chapéu de palha. Isso mesmo! One Piece! O game One Piece Pirate Warriors conta a saga do Monkey D. Luffy rumo a Grand Line em busca do One Piece, o tesouro definitivo do mundo! One Piece Pirate Warriors conta com sua 3ª edição, disponível para Playstations 3 e 4, PS Vita e PC. A história do game vai do começo da jornada de Luffy até a fase New World, tendo o pirata Donquixote Doflamingo como o principal vilão. A narrativa é bem impressionante, e destaca diversos pontos importantes do anime, dando destaque para a Batalha de Marineford. 

Luffy e sua tripulação em One Piece Pirate Warriors 3.

  Continuando nos animes destaco mais uma adaptação: Hokuto no Ken. Anime clássico dos anos 80, que mistura artes marciais com uma pegada de futuro pós apocalíptico, no melhor estilo Mad Max, Hokuto no Ken é um monstro sagrado da cultura japonesa, sendo praticamente o pai dos animes shonen modernos! No primeiro game, acompanhamos a história de Kenshiro, mestre do Hokuto Shinken durante toda a primeira (e mais importante) fase do anime. Indo de Shin a Raoh. No Fist of the North Star - Ken's Fury 2 (nome ocidental), temos todos os desafios enfrentados por Kenshiro em toda a história, com lutas, trilhas e momentos emocionantes que tornaram a obra memorável! O game é disponível para Playstation 3, XBox 360 e Wii U (Ken's Fury 2). 

Kenshiro mostrando a sua força em Fist of the North Star 2 - Ken's Rage! 

  Existe Musou de tokusatsu? Claro que sim! A série Battride War conta com diversos Kamen Riders, prontos para enfrentar os vilões de várias versões da franquia! A terceira versão do game chama-se Battride War - Genesis, e conta com o Kamen Rider Ghost como o personagem principal. Ghost é acompanhado por todos os protagonistas do universo Kamen Rider, além de alguns Riders secundários de destaque, como Accel, G3-X, Mach e Spectre. Battride Wars Genesis é disponível para Playstations 3 e 4 e PS Vita.

Ghost e Ichigou prontos para a batalha em Battride War Genesis! 

  Bem, listei algumas franquias do estilo Musou. E vocês? Jogam Musou? Curtem os games? Comentem, participem! Por hoje é só! E lembrem-se: não sejam fanboys, só atravessem no sinal vermelho e que a Força esteja sempre com vocês! E por hoje é só! 







Nenhum comentário:

Postar um comentário