quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Kamen Rider Ex-Aid - Riders e jogos - parte 2

  Olá, pessoal! Aqui vai a parte 2 da série "Riders e Jogos", onde eu comento sobre os riders da série Kamen Rider Ex-Aid e cito jogos clássicos referentes ao tema do Rider da vez. Se você começou a acompanhar a partir desta matéria, a parte 1 pode ser lida aqui. Dessa vez, vou falar um pouco sobre o Kamen Rider Brave, e suas habilidades. 

Kamen Rider Brave (Kagami Hiiro)

  Hiiro é um talentoso cirurgião do Hospital Universitário de Seito. Ao contrário de Emu, o protagonista da série, Hiiro demonstra ser um cara bem mais frio, e totalmente focado em realizar as operações de remoção do vírus Bugster dos pacientes. Filho do diretor do hospital, Haima Kagami, Hiiro é considerado um cirurgião genial, apesar da pouca idade (24 anos). Para Hiiro, os pacientes pouco importam. Ele prefere não demonstrar empatia, para assim conseguir realizar as operações com perfeição.

                                                    Kagami Hiiro, o Kamen Rider Brave!

  O Kamen Rider Brave é baseado nos jogos de RPG clássicos do Japão. O jogo de seu Gashat é o Taddle Quest, um jogo de RPG protagonizado por Brave, um poderoso cavaleiro com sua espada elemental. O Kamen Rider Brave tem acesso a power ups de batalha abrindo os baús de tesouro espalhados pelo cenário de seu jogo. Sua arma, a Gashacon Sword, tem poderes elementais ativados ao apertar os botões em sua empunhadura. 

                           Kamen Rider Brave no Level 2, empunhando a Gashacon Sword.


Top 5 dos jogos referentes ao Kamen Rider Brave

5° lugar - Dragon Quest V

  Lançado em 1992 para o Super Nintendo pela antiga Enix (atual Square-Enix), Dragon Quest V foi um marco da série Dragon Quest, por suas peculiaridades. Este jogo foi o primeiro jogo da série a permitir o recrutamento de monstros para o time do herói, o que veio a culminar no surgimento da série spin-off Dragon Quest - Monster Joker décadas depois. Em Dragon Quest V, você joga com o herói desde a infância até a idade adulta, com o objetivo de restaurar o poder do Deus Dragão.





 4° lugar - Uncharted Waters - New Horizons


   Lançado em 1993 para várias plataformas pela antiga Koei (atual Tecmo-Koei), New Horizons é o segundo jogo da série Uncharted Waters, RPG de navegações com a temática das grandes navegações do final do século XV na Europa. O jogo se passa poucos anos após a chegada de Cristóvão Colombo na América. O jogador pode escolher entre 8 navegadores para viver uma aventura pelos 7 mares, seja combatendo, negociando especiarias ou descobrindo civilizações e coisas perdidas. Atualmente, possui um MMORPG.





 3° lugar - Tales of Phantasia

  Lançado em 1995 pela Namco (atual Bandai-Namco Games), Tales of Phantasia revolucionou o Super Nintendo pela sua qualidade gráfica, bem como por ser um dos primeiros jogos a contar com uma música cantada como tema de abertura. Tales of Phantasia conta a história do herói Cless, com o objetivo de derrotar o maligno feiticeiro Dhaos. Seu sistema de batalha em 2D e em tempo real foi uma grande inovação, tornando Tales um jogo a frente do seu tempo. 



2° lugar - Final Fantasy VI

  Lançado em 1994 para o Super Nintendo pela Square Soft (atual Square-Enix), Final Fantasy VI é o último jogo da série Final Fantasy para a geração 16 bits, e conta com uma das tramas mais elaboradas desde então. Seus personagens possuem fortes características individuais e estilo de jogo bem distinto. A protagonista do jogo é Terra, meia-esper capaz de convocar criaturas elementais para seu auxílio em combate. Ao lado de seus companheiros, Terra deve derrubar o império comandado por Gestahl e trazer a paz ao seu mundo. Final Fantasy VI também marca por sua ambientação, uma mistura de medieval e steam punk.



1° lugar - Chrono Trigger

  Lançado em 1995 para o Super Nintendo pela Square Soft (atual Square-Enix), Chrono Trigger é um RPG com a temática de viagem no tempo. O jogo foi desenvolvido pela equipe considerada o "dream team" da época: Hironobu Sakaguchi e Nobuo Uematsu (Final Fantasy), Yuuji Horii (Dragon Quest) e o mangaká Akira Toriyama (Dragon Quest e Dragon Ball). O protagonista Chrono deve impedir a destruição do mundo por uma entidade chamada Lavos, capaz de viajar pelo tempo. Em sua viagem, ele reúne amigos de várias épocas distintas, e luta pela salvação do mundo. O jogo é um clássico absoluto, sendo referenciado como um dos melhores jogos da era 16 bits.



  Bem, por hoje é só! E aí, vocês gostam do Kamen Rider Brave? E a lista? Vocês concordam? Comentem aqui no blog! E lembrem-se: não sejam fanboys, só atravessem no sinal vermelho e que a Força esteja sempre com vocês.


Facebook

Twitter



Nenhum comentário:

Postar um comentário