terça-feira, 2 de maio de 2017

Heróis, elmos e máscaras.

  Olá, pessoal. Hoje vou falar um pouco sobre os mais recentes filmes de super heróis que estão para entrar no cinema (um deles já esteve em cartaz), enfatizando em algo que meio que incomodou/despertou a atenção para escrever: a ausência de máscaras em algumas cenas importantes. Vocês devem pensar "e daí?", mas é algo que de acordo com o contexto dos heróis em questão, é essencial. 
  Vamos ao primeiro exemplo: o filme dos Power Rangers, que estreou há uns 2 meses atrás (se quiser saber um pouco mais sobre o filme, clique aqui). Sem me ater a história do filme, mas sim a proposta inicial da franquia: os personagens não podem, em hipótese alguma revelar os seus rostos, correndo o risco de perder os poderes (o que acontece em várias temporadas). Nos momentos de clímax do filme, os heróis estão com seus uniformes e os rostos expostos. Isso incomoda? A mim, sim. Pelo menos um pouco.


Rangers, não deem tanta bandeira, por favor! 

  Seguindo a lista, que não será longa: Homem Aranha - de volta ao lar. O filme está para ser lançado por aqui no dia 6 de julho. Não me levem a mal, o Homem Aranha é o meu herói favorito, e a atuação de Tom Holland mostrou que promete muito! Mas, em diversos momentos mostrados nos trailers e materiais oficiais, o Aranha está sem máscara. Tudo ok subir nas paredes na frente do melhor amigo, e papear com o Tony Stark em Nova York na luz do dia. Ok. Tem que mostrar o ator, eu sei. O ator é importante. Mas, não podemos esquecer que essencialmente o Homem Aranha sofre diversos riscos devido a sua dupla identidade, é a essência do personagem. Ao meu ver, isso pode afetar um pouco o perfil do Aranha. 

Parker e Stark papeando tranquilamente durante o dia. Se liga, cabeça de teia! 

  E para não parecer que só faço reclamar, dessa vez vou elogiar o material promocional de um filme (até porque ele ainda não foi lançado): Thor Ragnarok. O trailer do terceiro filme do deus do trovão mostra muita ação, rock clássico e empolga. Mas uma coisa que me chamou atenção tanto no Thor como no Loki: elmos. Os deuses asgardianos voltando a ser retratados com elmos, assim como nos mitos nórdicos e nos quadrinhos. 

Em Thor Ragnarok, o deus do trovão usa um elmo mais moderno.

  Já o Loki usa algo mais compacto. 


  Resumo da ópera: eu sei que os filmes precisam mostrar os atores, são grandes produções e custam milhares de dólares. Mas, custa manter um pouco da essência? O herói tem máscara? É só respeitar isso. Eles usam máscaras, elmos, bonés, etc por seus motivos individuais. É só pensar no Rorschach (Watchmen, 2009) ou no Deadpool (2016). Os personagens originalmente tem máscaras, e isso foi respeitado. Houveram cenas sem máscaras? Sim! Mas com contexto para tal.
  Bem, por hoje é só. Compartilhei um pouco do que penso sobre o assunto. Este blog serve essencialmente pra isso. E vocês? O que acham? Tem que ter máscara? Ou não? Comentem aqui! E lembrem-se: não sejam fanboys, só atravessem no sinal vermelho e que a Força esteja sempre com vocês! 






Um comentário: